Alecrim (Rosmarinus officinalis L) – A planta da Alegria

Alecrim (ROSEMARY) – Rosmarinus officinalis L.

Família: Lamiáceas (Labiadas)
Origem: Região mediterrânica
Nome vulgar: alecrim da terra; alecrinzeiro, rosmano, rosmaninho.
Habitat: arbusto vivaz do litoral mediterrânico. É espontâneo em charnecas, matagais e pinhas do centro e sul do continente, sendo subespontânea e cultivada no Norte.

Partes utilizadas: partes aéreas floridas e óleo essencial destas.
Cultivo: planta perene, solo com luz, bem drenado e calcário. ideal com luz directa, resistente a corte, pode sofrer em locas expostos a frio e ventos.

Capturar
Distribuição da espécie de (Rosmarinus officinalis) em Portugal Continental

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desde cedo que foi reconhecida pelas suas virtudes medicinais e muito popular no mediterrâneo para uso aromático. Conhecida por ajudar uma memória fraca e acelerar os sentidos. Muito utilizada pelos romanos que a designavam como rosmarinus que em latim significa orvalho do mar, que pode derivar do seu habitat preferido, crescer perto do mar.

O seu óleo foi o primeiro a ser extraído por destilação perto de 1330 e continua a ser muito utilizada na perfumaria.

2

O uso do alecrim abrange diversificadas preparações como tinturas, águas perfumadas, conservas, unguentos e bebidas espirituosas, mas apenas o seu óleo é utilizado nas farmacopéias, enquanto a sua folha permanece viva no uso popular.

Actividade farmacológica: possui atividade colagoga, colerética, antiespasmódica e hepatoprotectora. Os seus compostos amargos estimulam as secreções gástricas. É estimulante da circulação sanguínea. Óleo essencial com acção anti-séptica.Colhem-se as suas folhas e flores por propriedades estomacais, estimulantes, excitantes, tónicas e emenogogas.
Que linguagem estão complicada e chata, vou explicar sem “cientifiquices” como a poderemos utilizar em casa. 

A infusão da folha tem uma grande variedade de benefícios usado internamente, estimular a circulação de sangue, casos de fraqueza resultante de esgotamento, gastralgia, palpitações, vertigens, enxaqueca.

Externamente loções, banhos tonificantes para crianças, banhos aromáticos para quem sofre de reumatismo. Sendo que ativa a circulação e é anti-inflamatório. O óleo pode ser usado como repelente e diluído para garguejar com finalidade antisséptica.

É utilizado em diferentes áreas de tratamento medicinal e até a apoio na nossa horta:

Na fitoterapia as folhas e parte floridas normaliza as perturbações digestivas ligeiras como a flatulência. Usado no couro cabeludo são utilizado extractos desta planta, para o estimular.

Na cosmética, elaborar cremes com extractos glicólicos são úteis no tratamento das estrias. Uma infusão das plantas secas pode ser usado para lavar o cabelo para ajudar na calvície e caspa.

Em Aromaterapia, o óleo essencial externamente é usado em fricções nas dores reumáticas (diluído em 3% num óleo vegetal útil como o azeite). Pode ser colocado em pomadas para dores de músculos.

Na horta plantado na nossa horta protege as outras plantas de afídios. É uma óptima ideia para formar sebes naturais

Muito importante – excessiva dosagem da folha podem ser tóxicas causando aborto e convulsões.

Dosagem – Infusão de 20g a 30g por litro de água, uma chávena depois de cada refeição. Maceração de 15g a 20g de folhas em vinho para reumatismo. Banhos um chá abafado com 50g das folhas para um litro de água.

A minha opinião sobre a planta, o que o chá de alecrim me transmite é energia e alegria. Na altura de exames na faculdade espalhava gotas de óleo essencial sobre a mesa e ajudava a concentração, assim como fazer um chá de alecrim enquanto estudava melhorava a minha memoria. Se placebo ou não ?! Não sei.

Boas experiências!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s