Equinácea (Echinacea angustifolia) – O antibiótico natural

FAMÍLIA: ASTERACEAE
NOME VULGAR: EQUINÁCEA, PURPÚRA
ORIGEM: AMÉRICA DO NORTE
HABITAT: BOSQUES SECOS, CAMPOS ABERTOS E PRADARIAS, SOLOS RICOS PROFUNDOS E SECOS COM GRANDE EXPOSIÇÃO SOLAR
HERBÁCEA, PERENE – PODE ATINGIR 10 A 60 CM
PARTES UTILIZADAS: TODA A PLANTA

Actualmente, a Equinácea é a “erva sensação” na industria dos fitofármacos. O termo “Equinácea”, deriva do grego “Echino” que significa ouriço-do-mar, devido a sua flor.
A parte da planta mais utilizada é a raiz, onde se encontra a maior concentração de princípios activos! Podemos ainda retirar o sumo dos caules, folhas e da sua linda flor, sendo utilizado tanto interna como externamente.

Sabe-se que a utilização desta magnifica planta remonta das culturas indígenas e os primeiros colonizadores da América do Norte, para tratar diversas infecções e feridas;
Os índios Sioux, muito antes de Pasteur, já reconheciam as suas potencialidades usadas como antídoto contra a raiva. Tinham também uma avançada técnica para tranquilizar os cavalos durante o processo de desbaste, fumavam a planta e lançavam o fumo para as narinas dos equinos.

É utilizado em diferentes áreas de tratamento medicinal e até a apoio no nosso jardim:

Alternativa muito eficaz dos antibióticos, apresenta alguns efeitos semelhantes à cortisona, aumenta os glóbulos brancos.
Antes do aparecimentos dos antibióticos, era muito empregue a Equinácia, conhecida como a “erva-da-rotina“, visto que é um grande estimulante imunológico. Aumenta as nossas forças orgânicas para resistir a doenças!

A literatura afirma, que têm propriedades antivírica e antibacteriana, usada em infecções respiratórias, é um óptimo medicamento para esta altura do ano na prevenção das comuns constipações e gripes.

Foram desenvolvidos muitos testes farmacológicos que provam as propriedades cicatrizantes da raiz da Equinácea, usada para problemas de pele e inibir o acne.

No nosso jardim as flores desta magnifica planta são muito úteis para atrair polinizadores sendo um atractivo de insectos. Podemos propagar por semente entre março e abril dentro de uma pequenas estufa e costuma germinar entre 10 a 21 dias.

Atenção: O consumo não deve exceder os 10/14 dias, deve-se fazer uma pausa. Não utilizar na gravidez, amamentação, hepatites e doenças imunológicas.

 RECEITA PARA O INVERNO (aumento do sistema imunitário):
Decocção da raiz de Equinácea (seca) + tomilho + própolis 
Advertisements

3 Comments Add yours

  1. Ana Gui says:

    Muito obrigada. O momento para nos falar desta flor é muito apropriado!

    Liked by 1 person

  2. Elisabete Gonçalves says:

    Onde se pode encontrar esta planta?

    Liked by 1 person

    1. Na natureza não encontramos! Podemos plantar aí no quintal:) ou então numa ervanaria vendem a raiz!

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s